quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Do espaço e do tempo


Dante Gabriel Rossetti, Giotto pintando retrato de Dante (1852, 36,8 x 47 cm)


Por vezes, sinto-me numa grande paixão platônica: boa parte das pessoas que gosto ou que admiro mora muito longe, e a maioria das músicas que gosto foi composta por gente que já morreu.

Há uma boa dose de nostalgia nisso. Sinto-me partícipe de coisas que não vivi, talvez idealizando-as e mesmo assim vivendo-as. Os festivais nos quais provavelmente não iria se vivesse na época em que ocorreram, as pessoas que tenho por ídolos e com quem talvez tentasse me corresponder. Talvez talves tal ves pensei vivê-las, memórias criadas a partir de canções de época e de filmes em preto e branco. Vivências retroativas, meus amigos que não conheci e os que estão longe demais -- no tempo e no espaço -- para dividirmos um café numa tarde fria de sábado.

Toda nostalgia é um desejo de retorno. Odisseu já a sentia quando estava na ilha de Calipso, pleno de gozo que a ninfa podia-lhe proporcionar, mas concomitantemente vazio de sentido, sem Penélope e Telêmaco a seu lado, ausente de Laerte, seu pai e ex-governante de terra natal, Ítaca. Ele chegava a sofrer, tamanha sua vontade de retorno, de alcançar o nostos. Não é à toa que a palavra grega que representa o retorno ecoa em nossa língua no vocábulo nostalgia. Não é à toa também que dentro de nostalgia haja dor, algé em grego. Não, não é à toa. Mesmo os caminhos errantes dos idiomas, das línguas pátrias que se beijam e se digladiam, trazem sabedoria, e é a sabedoria de mestiçagem, da inserção do diferente, seja o diferente no tempo, seja o no espaço.

E é essa sabedoria que me salva. Toda essa mistura de espaços e de épocas, tudo num ponto focal, tal qual o aleph borgiano, que é nada menos que meu espírito e meu modo de absorver os dados que o mundo me dá. No final das contas, as facetas que não enxergo das pessoas e das coisas eu acabo por construí-las, vou fazendo simulacros e tornando as pessoas melhores do que elas são (e em alguns casos, piores, por que não?). Viram exemplos a serem seguidos, e é assim que melhoro como pessoa. A maneira de minha irmã -- que mora tão longe -- enfrentar as mudanças e sobrepôr-se a elas; o modo admirável como minha amiga Karen enxerga o mundo, a capacidade de Machado desvendar a alma do homem, a extração da humorística poesia do simples de José Paulo Paes, a invenção de Borges, a delicadeza de Neruda, os tantos compositores e poetas sem nome, que deles sobra apenas a obra e o engenho sem rosto, os operários dos monumentos de grandes fundações, o garçom que me sorri às nove da noite.

Ninguém conhece ninguém de verdade. É impossível. Estar sentado ao lado de alguém não me torna mais partícipe de sua vida do que escutar toda a obra de Ernesto Nazareth me permite conhecê-lo, mas posso chamar ambos, Ernesto e a pessoa do lado, de amigo. Para isso, deve haver um sentimento raro e uma atitude necessária: a afinidade e o respeito. Da junção de ambos nasce a admiração, e dela advêm os modelos, que se somam à busca do autoconhecimento. De todo esse tortuoso processo de nostalgia, pertencimento e aprendizagem, venho surgindo como um homem melhor dia após dia, e é por este motivo que não posso negar essa paixão e esse desejo de voltar para onde nunca estive.



3 comentários:

Unknown disse...

Fernando, sua prosa é desafiadora: intrincada e direta, ao mesmo tempo.
Nos colocae em uma posição de entendimento e desafio.
Esse é o real labor do escritor.
Parabéns!

Anônimo disse...


Taiwan " alone league matches of basketball of Zha of Chi of brachial archer " becomes team spirit totem -- in new network
On the face babyish still the Fan Honghao that did not take [url=http://newjordansforsale.yolasite.com/]cheap jordans[/url] off, total heart throws the case of the exercise, let a coach can't help admiring. Coach Fan Chengjie expresses, when Fan Honghao determination joins basketball group when, let him feel in a dilemma for a time, because team receives 6 players one year only, if chose him, can make other person little opportunity, but look at his so sturdy eyes, final Fan Chengjie recalled an eclectic way, check Fan Honghao with the means of probation.
Fan Honghao did not make a coach disappointed, the full attendence when practicing not only, the manner is very serious more, touched Fan Chengjie, enter team smoothly also. Join the Fan Honghao after team, also do not have inactive because of this, make greater efforts instead, the position in team also the upgrade of one pace climbs, become what team sends 5 people first not to move person selected even.
Fan Honghao is used not only effort and let a coach change to him seriously, to teammate, fan Honghao also makes a kind of model. Fan Honghao often says to teammate: "I can overcome the obstacle of the body, you do not have reason to do more bad " . His effort affected teammate, the team that also allows oneself is hit into intermediary heat this year.
Every time Fan Honghao gives competition, always meet those who cause field edge audience to exclamation, and more it is to encourage, although this his sports season has ended, the Fan Honghao of second year in high school still can gallop go up in the field of league matches of high school basketball next year, yield the attitude that everybody sees he never abandons and resolution.

Anônimo disse...


Chengdu business signs up for: Maniac resembles a glass be being touched broken -- in new network
Be in nowadays Spain, what will he use? Everybody takes out bench, waiting to look " maniac " mad look to them. England " the sun signs up for " made an appointment with Muliniao heart of Er of husband forces the base of a fruit tens of second special interviews, all be rejected -- , Muliniao's wife's father is an officer that ever fought in Angola, the relative that does not allow him appears in head of upcast of this kind of media, and Italy " Milanese sports signs up for " also ever act on one's own in wanting to go to maniac home " dark visit " , can getting the result that come is however, compare billowy abuse, "Raindrop fetch down is on the body, in this barpque city, I am armor, also iron and steel makes my family. " Muliniao is stubborn, the heart resembles a glass however, touch broken.
He wants to make his team and his euqally firm. But he is gotten above all and oneself past fights.
" the world signs up for " the means that uses a kind of pure Spain gathers up smooth the preexistence this life of maniac: Before this, he already proved to he is special, this, he no longer mysterious, no longer magical, it is a myth no longer -- , he is an abjection noble that taking yearly salary of 10 million euro, his marriage of 21 years sees the salt that be like oil be not entered, the commotion that still can have palpitate with anxiety and fear letting a person and ambiguous, the love that he is a house home cries ghost, the cash of 1000 euro did not exceed in purse, no [url=http://wholesalenikeshoes.manifo.com/]cheap nike shoes[/url] matter time is much late, he can wear slipper buy packet of smoke for the wife... Spanish football no longer be used to is worn too courageous to be met with Muliniao, he is one act in culture soil of Spain " the Tang Jihede of Cinderella edition " .
Muliniao escaped the cage of British football and Italian football, like wanting to follow Maladuona it seems that however, in Spain comfortable and bold and unrestrained the restrict one in the football world to acme. I wish, he turns the pose of the circle, enough noble, sufficient get at slips classically with that genuflect is same, pure and classic.